Tag - Devo cobrar para fazer um desenho

Você sabe quanto cobrar para fazer um desenho ???

 Este artigo é dedicado a vocês, a todos os desenhistas que tem o intuito de trabalhar com desenhos, ou com qualquer tipo de atividade relacionado à arte. Eu vou contar um pouco da minha experiência e espero de verdade que vocês possam gostar e se identificar.

 Depois de dois anos desenhando intensamente, eu decide então começar a tornar a minha arte profissional, e então eu decide no ano de dois mil e catorze, a abandonar um trabalho que tinha em uma empresa, para então investir pesando nos meus desenhos e abrir a minha própria empresa. Bom, mas antes disso eu passei por um perrengue, pois eu não sabia como e em qual momento eu deveria cobrar para fazer um desenho realista. Sabemos que muitos de nós desenhistas decidimos nos arriscar e começamos a pensar em cobrar pelo nosso trabalho, afinal desenhar também é um trabalho, e era a partir desta atividade que eu queria também viver.

 Eu sempre soube que existiria uma grande dificuldade em estipular valores para os meus desenhos, não sabia mesmo quanto cobrar. Não tinha na verdade muito conhecimento se o que eu estava cobrando era muito ou pouco. Eu tinha muito receio de cobrar tal valor e na verdade não ser o justo, mas na real, qual valor seria o justo, afinal todos nós sabemos que arte não tem valor, mas… Será que não tem mesmo?

 Bom, uma das primeiras coisas que vem na cabeça geralmente é se eu deveria cobrar de acordo com o que meus colegas no mercado também cobravam, coisa que de inicio poderia parecer obvio, porém, ao mesmo tempo poderia ser uma furada, então eu comecei a decidir qual era o melhor valor a cobrar para se fazer um desenho realista.

  • Quando eu comecei a cobrar eu iniciei criando uma tabela, para então eu começar a me organizar.
  • Quanto tempo eu gastaria para fazer um desenho realista
  • Quais materiais eu iria adquirir para poder começar a cobrar um bom valor pelos meus trabalhos.
  • Qual valor eu iria cobrar por cada desenho, se eu iria cobrar por hora ou pela complexidade da arte
  • Como seria a forma de envio desses desenhos, sendo que alguns clientes poderiam morar em outros estados.
  • Como iria me formalizar antes de começar aceitar trabalhos para empresas pessoa jurídica, se era necessário eu me formalizar ou não.

 

Enfim, eram muitas dúvida, e com o tempo isso foi ficando cada vez mais fácil de resolver. Na prática sempre é mais fácil.

Eu comecei a entender com o tempo que, arte em si não tem valor. Você como artista é quem decide qual valor cobrar. É claro que se formos nos basear sobre os valores de outros artistas, podemos esta de alguma forma desvalorizamos o nosso trabalho, afinal, cada artista possui a sua habilidade e dificuldades, e assim consegue decidir como cobrar e quanto cobrar para fazer um trabalho artístico. O ideal para você desenhista que esta começando ou iniciando, é cobrar pela complexidade que a sua arte possui, tamanhos e materiais que você vai utilizar sem dúvida deve entrar dentro do orçamento, pois você precisa comprar nos materiais, caso ao contrário você esta fazendo desenhos de graça, e não é isso que você quer. Você precisa viver da sua arte ,afinal você abandonou tudo para poder viver dela.

 Outra coisa muito importante que você deve saber desenhista, é que nem sempre aquele que cobra mais, esta ganhando muito. Lembrando que você desenhista pode esta morando em uma região que não valoriza muito sua arte, e com isso, o seu cliente pode acabar fazendo orçamento com outros artistas e com isso você poderá esta perdendo um cliente, e isso não é muito bom. Cada artista possui a sua particularidade, técnica, forma de fazer arte, então se basear nos preços de seus amigos também desenhista não é uma boa, não entra nessa.

Outra coisa a dizer é que você não deve montar tabelas de preços por horas de trabalhos dedicados. Isto é uma forma errada. O ideal é você cobrar de acordo com a complexidade da arte, ou seja, estipular o valor que você acredita que ela deva ter, mas é claro, você deve ter muito bom senso na hora de cobrar.

 Outra situação que você desenhista deve ficar muito atento, é que quando você começar a ganhar dinheiro, é importante que você faça a você mesmo uma autocritica sobre a qualidade dos seus trabalhos. Nem todos os artistas que desenham estão preparados para começar a cobrar pelos seus desenhos. Imagine só que você desenhe o dia todo, mas de 10 horas por dia, que você gasta todo esse tempo para fazer um desenho e que você acredita que ele esta excelente; mas ai você percebe que o trabalho não ficou lá aquelas coisas, ou seja, não ficou nada apresentável. O seu cliente pode acabar não gostando, e é importante que você tenha muito bom senso e humildade de saber identificar se o seu trabalho esta bom, ou não tão bom assim, ou caso ao contrário, você talvez terá que devolver o dinheiro para o seu cliente, e na boa, isso é muito frustrante.

 Existem outros pontos que acaba atrapalhando muito você na hora de apresentar os eu preço, como por exemplo, nem todo mundo quer pagar um bom valor para você criar um desenho realista ou especifico. As veze a pessoa quer muito ter, mais não tem condições de comprar, porém em outros casos o seu cliente até tem dinheiro, mais ele não está nenhum pouco afim de gatar muito. Em muitos casos eles vão tentar negociar, em outros, vão procurar outros artistas e outros orçamentos.

 Só finalizando aqui o assunto que já está muito longo, o que acontece é que não da para você se basear nos preços de seus amigos, ou colegas de trabalho. Cada artista tem sua forma de ver o mundo, a sua forma de acreditar na sua arte. Ou seja, cada artista possui a sua técnica diferente.

 Se você quer pegar desenhos sobre encomenda, eu sugiro que você faça antes uma análise da qualidade dos seus trabalhos. Perceba se eles valem realmente quanto você acredita que merece valer. Verifique sempre isso, para exatamente não acabar se chateando ou desagradando um cliente que poderá voltar a fazer muito mais trabalhos com você, ok?

Então é isso desenhista, se você gostou do poste, deixe o seu comentário e sua opinião sobre o assunto ok?

Até a próxima!

Read more...