Tag - desenhando

5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO

5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO.

5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO

 

Olá minhas amigas e amigos, como vocês estão? – Bom, eu estou dedicando este poste a todos os desenhistas que sonham em deixar os seus desenhos mais reais, e por isso preparei esse artigo onde eu disponibilizo 5 dicas de como fazer desenhos incríveis com precisão. Fique atento a esse artigo, com certeza ela será de muita utilidade para os seus próximos desenhos.

Para aqueles que desenham por instinto e para os que aprenderam utilizando algum tipo de técnica, vale sempre lembrar que existe muito mais que 6 dicas para fazer incríveis desenhos, mas essas aqui são as mais especiais, e sem dúvida tragará muito mais precisão em seus futuros desenhos.

É importante nunca se esquecer que ainda que ainda mais importante que as dicas e todas as outras que vocês possam encontrar aqui em TUDO SOBRE ARTE, o mais importante é: Amar o que fazer, e nunca jamais desistir quando sentir dificuldades no meio do caminho.

 

DESENHANDO FORMAS E NÃO OBJETOS IDENTIFICÁVEIS.

 

Para notar este ponto, é só você imaginar por alguns momentos a forma com as crianças desenham rostos. Eles sabem que um rosto possui dois olhos, um nariz e uma boca. Não importa qual seja a pose da pessoa, uma criança sempre desenhará estes itens num rosto, mesmo que dada a posição, mesmo que esteja visível um olho e uma orelha. Sem dúvida eles vão desenhar o que eles sabem, não o que eles vêm. De fato, os adultos também fazer isso.
Por isso e para evitar que a sua mente o engane, não inicie desenhos em itens do rosto que você já tem um certo conhecimento, aproveite e desenhe só formas. Esta é uma maneira de evitar que o seu cérebro se confunda e te faça virar a imagem de pernas pata ar.

Atenção aos espaços negativos e aos espaços positivos.

 

VISUALIZAR E DESENHAR AS LINHAS QUE NÃO SÃO POSSÍVEL VISUALIZAR.

Desenho Realista - Maurício Fortunato Araújo

Desenho Realista – Maurício Fortunato Araújo

 

Visualizar e desenhar as linhas que você não consegue enxergar, de forma com que quando você desenhar com precisão, elas fiquem visíveis. Algumas vezes a melhor maneira de desenhar algo que está praticamente oculto ao nosso campo de visão, é dar continuidade as linhas como se estivéssemos a enxerga-las.

Um exemplo, se você desenhando uma bacia redondo com frutas, primeiro é importante desenhar um círculo completo como se não estivessem lá as frutas. Desta maneira garantimos que a curvatura frontal fique fortemente desenhada.

 

DESENHAR FORMAS CORRELACIONADAS, EM AMBIENTES DE FORMAS NÃO RELACIONADAS.

Resulta as vezes ser um pouco difícil de calcular a distância que existe entre a cabeça e os pés de uma pessoa ou figura que deseja representar, ou a distância entre as orelhas em um rosto, ou a distância entre flores em uma paisagem, a menos que você desenhe as formas existentes entre elas.

O importante é que no caso de uma figura humana por exemplo, calcular o tamanho da imagem principal de formas observar que a sua ideia caiba no papel, e em seguida desenhar a cabeça, desenhar também os ombros. Calcular também as distancias ao desenhar outras partes do físico. Importante sempre se atentar a distância entre os espaçamentos, desta forma cometera menos erros.
Desta forma será muito mais fácil observar cada forma em relação as outras e calcular as distancias e proporções entre elas.

 

DESENHAR LINHAS DE REFERÊNCIA

Ao desenhar linhas de referência entre as formas, se torna muito mais fácil de calcular a distância entre elas.

Muitos desenhistas fazem linhas em formas de diretrizes entre todos os elementos que comprem o desenho, seja ela figura de animais de natureza. Isto permite ir ajustando as distancias e sem dúvida finalizar o desenho com muito empenho.

 

COMEÇAR PELOS TONS MAIS CLAROS.

Uma outra coisa importante a dizer, é que sempre é importante começar pelos tons mais claros. É claro que isso não é um rótulo a seguir, só estuo dizendo que é uma forma de você ter melhor precisão ao reproduzir uma arte através de qualquer referência. Depois que iniciar pelos tons mais claros, aí sim você pode ir para os tons mais escuros. Esta frequência é utilizada por muitos desenhistas e vem dando muito certo, só basta você se dedicar.

Começando pelos tons mais claros, permite você ir alcançando ajustes na medida que você avança no desenho, sem correr o risco de estragar o papel ou a superfície do desenho, ok?

Bom então é isso desenhista, espero que esses 5 dias possam ajudar a você a melhor os seus próximos desenhos.

Até mais!

Read more...