Artigos sobre desenhos

O TALENTO NASCE OU SE APRENDE 2

“O talento NASCE ou se APRENDE” ?

 Eu tenho aqui uma pergunta para você: “O talento nasce com você, ou você pode adquirir habilidade com o tempo em dedicação e exercícios”? – Vocês poderiam aqui imaginar que eu vou falar aqui sobre as técnicas elaboradas por grandes artistas famosos para fazer sua arte, mas o que eu vou falar e compartilhar aqui com vocês, vai muito, mais muito além de uma dica metodológica, vou falar sobre os fundamentos a partir dos quais um incitante ou amadores poderão desenvolver todo o seu potencial e igualar os resultados maravilhosos dos grandes mestres do desenho e pinturas.

O talento nasce com você, ou você pode adquirir habilidade com o tempo em dedicação e exercícios?

Se você gosta de desenhar, pinturas e tem a ambição de deixar os suas artes cada vez mais incríveis, certamente que você já se fez essas perguntas algumas vezes ou sempre:

  • Eu tenho dom ou talento?
  • Posso aperfeiçoar a minha habilidade?
  • Posso me tornar artistas ao fazer incríveis obras de arte?
  • Um artista nasce com talento ou ele adquiria mais habilidades com o tempo?

 Bom amigos, hoje eu vou aqui compartilhar com vocês um pouco da minha visão sobre esse assunto, que considero fundamental para que você possa se sustentar neste universo da Artes Plásticas, e progredir a cada dia para que você possa obter melhores resultados. Ok?

Eu vou explicar através desta “metáfora da árvore” assim ficará mais fácil de você entender.
METAFORA DA ÁRVORE

 A SEMENTE: PAIXÃO, APTIDÃO PELA PINTURA.

 O ponto inicial para a conquista do sucesso é ter paixão ou predisposição para o desenho ou pintura. Você tem sentir amor pela arte… Pintar ou desenhar pelos simples fato de se sentir muito bem ao fazer.

 A verdadeira paixão, é aquela que o leva a você se dedicar parte do seu tempo para fazer algo, mesmo que não receba nada por isso, mas simplesmente para sentir dentro de si próprio alguma realização pessoal.

A ÁGUA QUE TRÁS A VIDA: O EXERCÍCIO

 Para que essa semente da paixão possa germinar e permanecer viva, é importante que seja adicionado todos os dias água. Este líquido grandioso é dado pelo exercício que a partir daquele momento não se deve parar.

AS RAÍZES E OS NUTRIENTES DA TERRA.

 Todos os dias a semente irá crescer, será determinada na terra  com raízes enormes e profundos feitos de “PERSEVERANÇA”, indispensável no momento que você pensar em desistir quando as coisas não estão indo muito bem, mesmo quando não se imagina, que não tem tempo, que isto não é algo para o seu lazer, mesmo que as primeiras tentativas sejam desenhos ou pinturas sem nexos, sem um conjunto legal de elementos.

É importante saber que em cada arte, em cada exercício, novas descobertas aparecerão.

 Essas raízes são importantes, sem elas não seria possível tonar os nutrientes básicos que vão fazer você crescer: “CONHECIMENTOS TECNICOS” (estudo das teorias, técnicas e até mesmo a história da arte) e “A CRITICA CONSTRUTIVA”, tanto própria como a de outras pessoas, mentores ou outros artistas.

LUZ DO SOL E O TALO PARA ALCANÇAR A ELE

 

 A parte superior da árvore também desabrochando, essa árvore é inclinada para cima, guiado pela iluminação das “OBRAS E ESTILOS E ARTISTAS QUE ADMIRAMOS”.

 Se você tem a ambição de ir tão longe quanto eles, não poderá sem antes criar um tronco forte, que gradualmente se tornará grande, porque se estabelecem.

Sem esses objetivos dificilmente a arvore ficará ao nível da terra, não podendo chegar onde é preciso.

OS TRÊS GALHOS

 

Neste momento a semente desabrochou em uma grande árvore fabulosa com três galhos principais que deverão seguir crescendo dia pós dia através de muita prática, esforço e dedicação. Estes três galhos são a “OBSERVAÇÃO, CURIOSIDADE e INSPIRAÇÃO”.

OBSERVAÇÃO

 O artista tem a capacidade de com a mão fazer coisas incríveis, mas sem dúvida é necessário uma capacidade de ver e colocar o que vê  em prática no papel ou em tela.

 Observar formas e linhas, manchas de luz ou sombra é de grande importância. As relações entre essas diferentes partes do trabalho, localização no espaço com diferentes cores, tons, saturação e valores, etc.

Ao desenhar um rosto, o artista não desenha um olho, um nariz ou uma boca, desenha linhas, curvas, sombras e volumes.

Desenho feito em 2008 em comparação com o desenho feito em 2008. Ambas artes mostram a evolução que o artista Maurício Fortunato Araújo, desenvolveu com o tempo, após muita dedicação em exercícios até os dias atuais.

Desenho feito em 2008 em comparação com o desenho feito em 2016. Ambas artes mostram a evolução que o artista Maurício Fortunato Araújo, desenvolveu com o tempo, após muita dedicação em exercícios até os dias atuais.

 

Com exercícios simples irão ajuda-lo a desenvolver melhor o seu olhar…

 Observe atentamente o rosto das pessoas quando você falar com elas, localize as linhas que formam as suas feições. Tente descobrir por que geram certas sombras como os resultados da anatomia particular da pessoa, e estabeleça relações entre a localização de cada parte do rosto.

 Quando você estiver em casa ao ver uma mesa analise-a. Localize a sua forma a mesa? Sei que é uma mesa quadrada, mas estou a vê-la quadrada? Todas as colunas de apoio tem o mesmo tamanho. Mas estou observando de forma correta, ou seja, do mesmo tamanho?

 Próximo a uma linda paisagem, localize as diferentes cores de acordo com a distância dos objetos da mesma cor. As montanhas possuem as mesmas cores ao observar? Localize o sol e veja como ele é projetado até a superfície da terra do lugar que você esta?

É importante aprender a observar com os olhos e não com as memorias que guarda no seu cérebro.

CURIOSIDADE

 Sem dúvida os artistas mais curiosos, são o que se destacam mais. Esses artistas ousam experimentar coisas diferentes com suas novas formas de pintar, novas nuances novos materiais, novos temas e novos estilos.

 É importante não ter medo de arriscar, de tentar por mais que difícil algo novo para estimular a sua visão como artista. Às vezes por esse medo de tentar, pode acabar te limitando e impedindo que você venha ter sucesso com seus atuais e futuros trabalhos. Se não houver esta dedicação, você dificilmente alcançara grandes resultados fazendo com que você faça trabalhos sem graça e sem vida.

 Sempre a regras básicas de técnicas de pinturas e desenhos. É importante que seja aplicada para garantir uma boa composição, porém isso não é uma regra tão forte que não se pode quebrar algumas vezes para se perguntar: “O que aconteceria se eu fizesse um desenho ou pintura de forma diferente?”.

 Mesmo que você utilize materiais baratos para praticar, e ainda sim estiver poucos materiais como lápis e tintas para fazer experimentos, não deixe com o que o medo de esta de alguma forma jogando fora o seu tempo ou o seus materiais, acabe os limitando e impedindo de fazer um bom trabalho.

 Quando determinamos que o fundamento do talento seja a o amor pela arte, então você deve procurar se divertir quando fizer suas atividades na arte. Você deve se sentir como se você estive brincando com os seus materiais.

“Devemos esta ciente que nem todas as nossas experiências podem ser chamadas de “artes”, como tem declarado alguns pintores abstratos”. As artes realistas ou abstratas têm todo um aprendizado e desenvolvimento que não deve ser confundida com aranhões, manchas e tintas jogadas aleatoriamente.

 Analisar trabalhos de outros artistas ou visitar exposições de artes em museu, ver vídeos de outros bons pintores e desenhistas, ler bons livros, etc… E que surja em você o desejo de querer entender como foram pintadas as obras que você ama, e ainda mais, se o artista ainda estiver vivo, tente entrar em contato com ele. Sem dúvida você ode colher muitos frutos e aprender muito mais.

INSPIRAÇÃO

 

 Infelizmente sabemos que a inspiração nem sempre vem no momento que queremos e isso é horrível , eu sei…Mas mesmo que não possamos obriga-la a surgir, sim podemos promover ambientes, estados e situações que favoreçam a sua expressão.

 Um exemplo,  escutar o tipo de musica que você gosta e música especialmente clássica ( ativa zonas superiores muito profunda dentro de nós), ir a um lugar que inspire tranquilidade , realizar atividades que os agradam, ver belas imagens, ver obras artísticas de outros pintores e até meditar deixando de lado a agitação do raciocínio da mente para que no silencia possa surgir a surpreendente e tão aclamada inspiração.

Com essas atividades, sem dúvida a inspiração vem cheia de criatividade, que é tão valorizada nas expressões artríticas.

 Com esses três galhos frondosas  e bem desenvolvidas nasce o tão apreciado fruto do “TALENTO” que levará o artista de maneira natural a encontrar o seu “ESTILO PARTICULAR” e consolidar-se definitivamente com um “ARTISTA DE SUCESSO”.

EXISTEM MUITOS PINTORES E DESENHISTAS RECONHECIDOS QUE SEGUIRAM ESTE CAMINHO?

 

  • Sem dúvida existem grandes gênios artísticos que nasceram com talento em suas raízes, que requer somente algumas instruções como aprimorar a sua habilidade já nata.
  • Agora muitos também não tiveram nem talento, nem a prática, mas ainda sim muita sorte, capacidade de comercialização ou posição social e conseguiram fazer com que suas obras fossem muito populares.
  • Entre tanto, muitos artistas forjaram suas habilidades artísticas através de muitas obras, dias e anos de constante trabalho, disciplinados e focados em objetivos.

Muitos aspectos não visíveis estão por trás do sucesso de um artista, mas se você se concentrar nestes que mencionei, poderá ir longe e ver muitas de suas aspirações alcançadas.

 Não importa qual objetivo que você tem, que seja para fazer um desenho ou pintura para si próprio, ou para simples entretimento e lazer, ou que deseje fazer exposições nas melhores galerias… Interessa sim, que você tenha sempre em mente estes aspectos de que falei para melhoras os seus resultados.

Bom, então é isso artista. Espero que com esse artigo você conquiste muito mais resultados com seus futuros trabalhos.

Até mais!

 

Read more...
5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO

5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO.

5 DICAS PARA DESENHAR QUALQUER COISA COM PRECISÃO

 

Olá minhas amigas e amigos, como vocês estão? – Bom, eu estou dedicando este poste a todos os desenhistas que sonham em deixar os seus desenhos mais reais, e por isso preparei esse artigo onde eu disponibilizo 5 dicas de como fazer desenhos incríveis com precisão. Fique atento a esse artigo, com certeza ela será de muita utilidade para os seus próximos desenhos.

Para aqueles que desenham por instinto e para os que aprenderam utilizando algum tipo de técnica, vale sempre lembrar que existe muito mais que 6 dicas para fazer incríveis desenhos, mas essas aqui são as mais especiais, e sem dúvida tragará muito mais precisão em seus futuros desenhos.

É importante nunca se esquecer que ainda que ainda mais importante que as dicas e todas as outras que vocês possam encontrar aqui em TUDO SOBRE ARTE, o mais importante é: Amar o que fazer, e nunca jamais desistir quando sentir dificuldades no meio do caminho.

 

DESENHANDO FORMAS E NÃO OBJETOS IDENTIFICÁVEIS.

 

Para notar este ponto, é só você imaginar por alguns momentos a forma com as crianças desenham rostos. Eles sabem que um rosto possui dois olhos, um nariz e uma boca. Não importa qual seja a pose da pessoa, uma criança sempre desenhará estes itens num rosto, mesmo que dada a posição, mesmo que esteja visível um olho e uma orelha. Sem dúvida eles vão desenhar o que eles sabem, não o que eles vêm. De fato, os adultos também fazer isso.
Por isso e para evitar que a sua mente o engane, não inicie desenhos em itens do rosto que você já tem um certo conhecimento, aproveite e desenhe só formas. Esta é uma maneira de evitar que o seu cérebro se confunda e te faça virar a imagem de pernas pata ar.

Atenção aos espaços negativos e aos espaços positivos.

 

VISUALIZAR E DESENHAR AS LINHAS QUE NÃO SÃO POSSÍVEL VISUALIZAR.

Desenho Realista - Maurício Fortunato Araújo

Desenho Realista – Maurício Fortunato Araújo

 

Visualizar e desenhar as linhas que você não consegue enxergar, de forma com que quando você desenhar com precisão, elas fiquem visíveis. Algumas vezes a melhor maneira de desenhar algo que está praticamente oculto ao nosso campo de visão, é dar continuidade as linhas como se estivéssemos a enxerga-las.

Um exemplo, se você desenhando uma bacia redondo com frutas, primeiro é importante desenhar um círculo completo como se não estivessem lá as frutas. Desta maneira garantimos que a curvatura frontal fique fortemente desenhada.

 

DESENHAR FORMAS CORRELACIONADAS, EM AMBIENTES DE FORMAS NÃO RELACIONADAS.

Resulta as vezes ser um pouco difícil de calcular a distância que existe entre a cabeça e os pés de uma pessoa ou figura que deseja representar, ou a distância entre as orelhas em um rosto, ou a distância entre flores em uma paisagem, a menos que você desenhe as formas existentes entre elas.

O importante é que no caso de uma figura humana por exemplo, calcular o tamanho da imagem principal de formas observar que a sua ideia caiba no papel, e em seguida desenhar a cabeça, desenhar também os ombros. Calcular também as distancias ao desenhar outras partes do físico. Importante sempre se atentar a distância entre os espaçamentos, desta forma cometera menos erros.
Desta forma será muito mais fácil observar cada forma em relação as outras e calcular as distancias e proporções entre elas.

 

DESENHAR LINHAS DE REFERÊNCIA

Ao desenhar linhas de referência entre as formas, se torna muito mais fácil de calcular a distância entre elas.

Muitos desenhistas fazem linhas em formas de diretrizes entre todos os elementos que comprem o desenho, seja ela figura de animais de natureza. Isto permite ir ajustando as distancias e sem dúvida finalizar o desenho com muito empenho.

 

COMEÇAR PELOS TONS MAIS CLAROS.

Uma outra coisa importante a dizer, é que sempre é importante começar pelos tons mais claros. É claro que isso não é um rótulo a seguir, só estuo dizendo que é uma forma de você ter melhor precisão ao reproduzir uma arte através de qualquer referência. Depois que iniciar pelos tons mais claros, aí sim você pode ir para os tons mais escuros. Esta frequência é utilizada por muitos desenhistas e vem dando muito certo, só basta você se dedicar.

Começando pelos tons mais claros, permite você ir alcançando ajustes na medida que você avança no desenho, sem correr o risco de estragar o papel ou a superfície do desenho, ok?

Bom então é isso desenhista, espero que esses 5 dias possam ajudar a você a melhor os seus próximos desenhos.

Até mais!

Read more...
dicas-de-como-deixar-os-seus-desenhos-mais-realistas 1

Dicas IMPORTANTES para fazer um desenho em OBSERVAÇÃO e não cometer mais erros.

 Recebi muitas mensagens de desenhistas me perguntando como eu fazia os meus esboços para deixar os meus desenhos mais próximos ao realismo. O que muitos não sabem é que grande parte dos meus trabalhos, são feito mediante a OBSERVAÇÃO. É isso mesmo, eu utilizo muito a minha observação para garantir sustentabilidade aos meus desenhos sem a utilização de muitas ferramentas para deixar os meus desenhos tão reais, ao ponto de serem confundidos como fotografias.

 Bom, então segue abaixo algumas dicas que acredito que sejam essenciais para que você desenhista, possa colocar em pratica e deixar os seus trabalhos mais reais a partir da sua observação.

1° DICA

 Você deve aprender a estimular sua visão, a sua parte em observação. Você estimular a sua observação utilizando fotografias como referencia, para que com o tempo você possa conquistar muito mais habilidade. Você prestar bastante atenção quando ao volume de uma fotografia. O balanço entre cinza e o branco da para o artista a entender que a profundidade de cada detalhe que é possível observar na fotografia. Desta forma tendo essa praticidade em observar, é uma garantia que você vai deixar os seus desenhos mais reais.

2° DICA

 O realismo começa a ser denotado com uma boa aplicação em contraste, ou seja, tons misturados entre o cinza o branco (tons claros e tons escuros). Se a parte do contraste este totalmente escuro, o ideal é deixa totalmente escuro, e a outra parte esta totalmente clara, o ideal é que você transmita o máximo que conseguir igual para o desenho deixando totalmente branco. Lembrando que os níveis de tons de cinza, branco e preto, devem ser muito equilibrados, exatamente para você não correr o risco de danificar o seu desenho por deixa-lo claro ou escuro de mais. Diferente da original.

3° DICA

 Outro ponto importante destacar é a parte de proporção. É certo que a precisão nas formas que compõe o desenho esteja em alinhamento, ou seja, em ordem. Cada figura possui a sua própria identidade com o todo e isso é uma das coisas mais singulares em um desenho. É importante que você se disponha a encaixar cada detalhe que você observa na figura principal para o papel ou ferramenta que esteja utilizando. É essa praticidade em observar que vai te dar autonomia para causar em seus desenhos maior concentração de realismo. Veja na figura abaixo o que pode acontecer quando você não transmite com precisão para o papel, um esboço bem feito com todos os itens indispensável para deixar os seus desenhos realistas.

Desenho do Mel Gibson junto a fotografia do ator.

Desenho do Mel Gibson junto a fotografia do ator.

4° DICA

 Vou falar agora sobre outro ponto que é muito, mais muito importante em um desenho feito em observação, 5a nitidez. A nitidez é muito importe, pois é ela que vai causar nas pessoas que vão observar o seu desenho depois de finalizado. Sempre utilize lápis macios para causar nitidez em seus desenhos como o 2B e o 3B. São graduações ótimas para de trabalhar com a nitidez. Quando mais você deixar o desenho livre para respirar, será melhor a sua observação. Nunca, mas nunca carrega a imagem de mais com sombreamentos fortes, isso pode acabar deixando o seu desenho muito desfocado e com perca de qualidade, ok?

5° DICA

 Textura é algo muito importante também. Eu vejo muitos desenhistas que deixam de adicionar texturas em seus desenhos, exatamente por que é algo dependendo da sua complexidade, muito exaustivo de fazer. É preciso ter sim paciência para fazer textura, e sem essas texturas, dificilmente você deixa o seu desenho realista. Atente-se sempre aos mínimos detalhes que é ele que vai dar uma grande diferencia em realismo em seus desenhos.

 Bom desenhista então é isso. Deixe o seu desenho limpo, com as proporções bem alienadas para causar em seus desenhos maior concentração de realismo. Por mais que no primeiro desenho não fique tão real, é importante que você continue se dedicando e assim conquistar com o tempo melhor resultado, ok.

Se você tiver alguma dúvida, deixe aqui abaixo o seu comentário e assim que possível eu irei responder.

Abraço.

Read more...
Passei-por-um-perregue-quando-decidi-viver-de-arte

Passei por um PERRENGUE quando decidi viver de arte!

Olá amigos, eu vou contar um pouco da minha história com o desenho, então se prepare que aqui vai à bomba. Sim, não foi nada fácil e ainda não continua sendo fácil viver de arte. Vou tentar resumir um pouco da minha história, para que vocês possam entender um pouco sobre a minha trajetória no desenho.

 Bom, tudo começou quando eu tinha 16 anos de idade, quando eu decidi fazer desenhos realistas. Eu já me dedicava a desenhos há muito mais tempo, mas nada muito comparado aos desenhos realistas de muitos profissionais no mercado. Meus desenhos eram bem simples, e na boa, eu jamais conseguiria vender aqueles desenhos. Bom, foi ai que tive a ideia de então começar a me dedicar ao realismo, que por ventura na internet encontrei o realismo acadêmico e então comecei a praticar.

 Quando eu comecei a então depois de um ano me dedicando ao desenho realista, foi ai que eu comecei a cobrar pelos meus desenhos, porém naquela época eu cobrava em torno de  R$ 20,00 reais para fazer um desenho e na real, não era tão bom assim. Com o tempo eu fui ficando cada vez melhor no desenho realista e é claro que com isso eu comecei a também a aumentar os valores dos meus desenhos, e cada vez que eu aumentava os valores, eu sentia dificuldades de conseguir novas encomendas. No início do ano 2010, eu comecei a vender os meus trabalhos por no mínimo, R$ 250,00 reais, e foi nessa época que tive a minha crise, que não foi ter tantos trabalhos. Às vezes apareciam trabalhos do nada, porém, era aquele trabalho que cobria só os gastos do mês.

Nessa época eu abri falência rsrsrsrs, e tomei a decisão de trabalhar para uma empresa, já que não conseguia viver muitos bem dos meus desenhos, sem contar que a minha mãe já estava me enchendo o saco, pois eu precisava de um registro, carteira assinada e tudo mais… Enfim, não era bem o que eu queria mais infelizmente que tinha que ter um emprego registrado, e até que eu fui trabalhar em uma intuição, e lá eu pude aprender muito e cresci muito como profissional até a minha formação  na área de Comunicação Visual. Depois 3 anos e 5 meses, eu decidi sair da empresa  e montar meu próprio negócio, e advinha qual era esse negócio? – Sim, era trabalhar com os meus desenhos!!! kkk 😉

 Trabalhar de fato com os meus desenhos seria muito proveitoso. Comecei investir pesado no meu site e em minha pagina e blogs, e com isso muito mais encomendas e mais trabalhos surgiram. Passei por muitas coisas para me tornar maduro, para então encarar com todas as forças uma atividade que me tragaria muita alegria. Poderia demorar muito tempo para eu poder conquistar o meu espaço, mas isso não fez com que eu perdesse a esperança de viver da minha arte. Se você é um desenhista que tem um sonho de viver de sua arte, o importante é você nunca desistir dos seus sonhos. Vai aluta! – Se precisar sangre os seus dedos todos os dias para que você possa se tornar um profissional no que você ama fazer. Quando você escolhe viver de arte, você escolhe também passar por dificuldades. Cada vez que você fazer um trabalho diferente para o seu portfólio, mais chances você terá de com o tempo ter muito mais trabalhos, porém, só é importante você ter pé no chão para nunca desistir dos seus sonhos e lutar até o fim.

Infelizmente eu não tive 100% do apoio da minha mãe e até mesmo da minha família, mas mesmo assim eu ainda continuei acreditando, afinal esse era o meu sonho, e será que valia apena desistir por causa de outras pessoas?  – Muito difícil de saber.

Ai você se pergunta, será que quero mesmo viver da minha arte?

Faça isso a si mesmo, se você tomar isso como uma decisão, vai até o fim, dedica-se e com o tempo você verá grandes resultados. Espero que você tenha gostando desse resumo da minha trajetória. Sem dúvida tem muito mais coisas para contar, mais por enquanto fico por aqui.

Até a próxima!

Read more...

Você sabe quanto cobrar para fazer um desenho ???

 Este artigo é dedicado a vocês, a todos os desenhistas que tem o intuito de trabalhar com desenhos, ou com qualquer tipo de atividade relacionado à arte. Eu vou contar um pouco da minha experiência e espero de verdade que vocês possam gostar e se identificar.

 Depois de dois anos desenhando intensamente, eu decide então começar a tornar a minha arte profissional, e então eu decide no ano de dois mil e catorze, a abandonar um trabalho que tinha em uma empresa, para então investir pesando nos meus desenhos e abrir a minha própria empresa. Bom, mas antes disso eu passei por um perrengue, pois eu não sabia como e em qual momento eu deveria cobrar para fazer um desenho realista. Sabemos que muitos de nós desenhistas decidimos nos arriscar e começamos a pensar em cobrar pelo nosso trabalho, afinal desenhar também é um trabalho, e era a partir desta atividade que eu queria também viver.

 Eu sempre soube que existiria uma grande dificuldade em estipular valores para os meus desenhos, não sabia mesmo quanto cobrar. Não tinha na verdade muito conhecimento se o que eu estava cobrando era muito ou pouco. Eu tinha muito receio de cobrar tal valor e na verdade não ser o justo, mas na real, qual valor seria o justo, afinal todos nós sabemos que arte não tem valor, mas… Será que não tem mesmo?

 Bom, uma das primeiras coisas que vem na cabeça geralmente é se eu deveria cobrar de acordo com o que meus colegas no mercado também cobravam, coisa que de inicio poderia parecer obvio, porém, ao mesmo tempo poderia ser uma furada, então eu comecei a decidir qual era o melhor valor a cobrar para se fazer um desenho realista.

  • Quando eu comecei a cobrar eu iniciei criando uma tabela, para então eu começar a me organizar.
  • Quanto tempo eu gastaria para fazer um desenho realista
  • Quais materiais eu iria adquirir para poder começar a cobrar um bom valor pelos meus trabalhos.
  • Qual valor eu iria cobrar por cada desenho, se eu iria cobrar por hora ou pela complexidade da arte
  • Como seria a forma de envio desses desenhos, sendo que alguns clientes poderiam morar em outros estados.
  • Como iria me formalizar antes de começar aceitar trabalhos para empresas pessoa jurídica, se era necessário eu me formalizar ou não.

 

Enfim, eram muitas dúvida, e com o tempo isso foi ficando cada vez mais fácil de resolver. Na prática sempre é mais fácil.

Eu comecei a entender com o tempo que, arte em si não tem valor. Você como artista é quem decide qual valor cobrar. É claro que se formos nos basear sobre os valores de outros artistas, podemos esta de alguma forma desvalorizamos o nosso trabalho, afinal, cada artista possui a sua habilidade e dificuldades, e assim consegue decidir como cobrar e quanto cobrar para fazer um trabalho artístico. O ideal para você desenhista que esta começando ou iniciando, é cobrar pela complexidade que a sua arte possui, tamanhos e materiais que você vai utilizar sem dúvida deve entrar dentro do orçamento, pois você precisa comprar nos materiais, caso ao contrário você esta fazendo desenhos de graça, e não é isso que você quer. Você precisa viver da sua arte ,afinal você abandonou tudo para poder viver dela.

 Outra coisa muito importante que você deve saber desenhista, é que nem sempre aquele que cobra mais, esta ganhando muito. Lembrando que você desenhista pode esta morando em uma região que não valoriza muito sua arte, e com isso, o seu cliente pode acabar fazendo orçamento com outros artistas e com isso você poderá esta perdendo um cliente, e isso não é muito bom. Cada artista possui a sua particularidade, técnica, forma de fazer arte, então se basear nos preços de seus amigos também desenhista não é uma boa, não entra nessa.

Outra coisa a dizer é que você não deve montar tabelas de preços por horas de trabalhos dedicados. Isto é uma forma errada. O ideal é você cobrar de acordo com a complexidade da arte, ou seja, estipular o valor que você acredita que ela deva ter, mas é claro, você deve ter muito bom senso na hora de cobrar.

 Outra situação que você desenhista deve ficar muito atento, é que quando você começar a ganhar dinheiro, é importante que você faça a você mesmo uma autocritica sobre a qualidade dos seus trabalhos. Nem todos os artistas que desenham estão preparados para começar a cobrar pelos seus desenhos. Imagine só que você desenhe o dia todo, mas de 10 horas por dia, que você gasta todo esse tempo para fazer um desenho e que você acredita que ele esta excelente; mas ai você percebe que o trabalho não ficou lá aquelas coisas, ou seja, não ficou nada apresentável. O seu cliente pode acabar não gostando, e é importante que você tenha muito bom senso e humildade de saber identificar se o seu trabalho esta bom, ou não tão bom assim, ou caso ao contrário, você talvez terá que devolver o dinheiro para o seu cliente, e na boa, isso é muito frustrante.

 Existem outros pontos que acaba atrapalhando muito você na hora de apresentar os eu preço, como por exemplo, nem todo mundo quer pagar um bom valor para você criar um desenho realista ou especifico. As veze a pessoa quer muito ter, mais não tem condições de comprar, porém em outros casos o seu cliente até tem dinheiro, mais ele não está nenhum pouco afim de gatar muito. Em muitos casos eles vão tentar negociar, em outros, vão procurar outros artistas e outros orçamentos.

 Só finalizando aqui o assunto que já está muito longo, o que acontece é que não da para você se basear nos preços de seus amigos, ou colegas de trabalho. Cada artista tem sua forma de ver o mundo, a sua forma de acreditar na sua arte. Ou seja, cada artista possui a sua técnica diferente.

 Se você quer pegar desenhos sobre encomenda, eu sugiro que você faça antes uma análise da qualidade dos seus trabalhos. Perceba se eles valem realmente quanto você acredita que merece valer. Verifique sempre isso, para exatamente não acabar se chateando ou desagradando um cliente que poderá voltar a fazer muito mais trabalhos com você, ok?

Então é isso desenhista, se você gostou do poste, deixe o seu comentário e sua opinião sobre o assunto ok?

Até a próxima!

Read more...

Descubra o Segredo dos autodidatas

 

O segredo
dos autodidatas
O segredo dos autodidatas ( Maurício Fortunato Araújo)

Os autodidatas geralmente são vistos como aqueles caras que são inteligentíssimos, que aprendem com facilidade, além de serem hiper curiosos. Só que não, não é bem assim que as coisas realmente funcionam, existe sim a curiosidade, mas em primeiro lugar eles tem uma outra ferramenta muito útil que os faz não só aprenderem mas correr atrás do que querem aprender, e isto é valido para qualquer pessoa, não necessariamente aquelas “rotuladas” como autodidatas.

Essa ferramenta tão poderosa e que em muitos filmes toma posições nobres, como um poder além da imaginação, é quem o tiver será vitorioso em tudo que fizer, tipo “que a força esteja com você” ou “eu tenho a força”, são na verdade metáforas de uma capacidade conhecida e já vivida por todos, de alguma forma ou intensidade…e que entendemos por “ENTUSIASMO”, é simples assim, o entusiasmo é oque faz uma pessoa remover montanhas, que o torna mais forte, inteligente, nos transforma em artistas ,cientistas, matemáticos e até astronautas.

Com o entusiasmo se pode tudo, e tudo é possível, até conquistar uma pessoa, por que não? Mas voltando aos autodidatas, e baseado nessa capacidade de envolver-se com determinado assunto, empolgando a sí próprio e à todos a seu redor, que o autodidata consegue as informações necessárias para aprender e evoluir, tomar a iniciativa e ir a procura por conta própria das respostas, seja para buscar um aprofundamento naquele assunto ou aprender algo diferente.

O segredo, sé é que existe algum, é realmente estar interessado naquilo que se deseja conhecer é o entusiasmo por um determinado assunto que nos faz aprender sem perceber, tudo é uma questão de motivação.

No caso de nós desenhistas o entusiasmo é o responsável pela nossa existência, sem ele não haveria Michelangelo, nem Leonardo da Vinci nem Walt Disney, ou Maurício de Souza. Afinal um desenhista precisa praticar também, precisa ter o conhecimento somado ao domínio técnico, e aplicar tudo isso não se faz em dia, são anos e anos de dedicação incansável. De onde vem essa força? Do Entusiasmo!

É claro que a presença de um mestre facilita muito, na descoberta dos caminhos corretos, (imaginem um cirurgião autodidata , você confiaria nele?) Não podemos menosprezar o mérito dos professores, mas não fiquemos esperando apenas pelos caminhos traçados, façamos nossos próprios caminhos, pode ser que encontremos dificuldades na busca do novo, é preciso ter disposição para enfrentar os erros, inevitáveis nesse processo, num trajeto mais longo e tortuoso. Mas em compensação a satisfação da conquista, torna-se algo” magnífico e difícil de ser superado, descobrir algo através dos nosso próprios esforços e dedicação, nos da uma sensação do poder que o entusiasmo proporciona. É o poder de poder cada vez mais.

Os desenhistas estão entre aqueles profissionais vistos como pessoas criativas e criar é: inventar, gerar, produzir, inovar. Então o que posso dizer além de “Entusiasme-se!

By Maurício Fortunato Araújo

Read more...

Desenhar é uma habilidade para poucos?

Por que desenhar é uma habilidade para poucos?

 

 

REALISMO EM ANDAMENTO

Você já percebeu que algumas pessoas têm mais facilidade para desenhar do que outras? Pesquisadores das Universidades do Brooklyn, Londres e Cidade de Nova York explicam o porquê.

De acordo com o site Live Science, os pesquisadores descobriram que existem três fatores que podem influenciar a habilidade que um indivíduo possui de desenhar figuras de forma realista: a maneira como ele percebe a realidade, sua memória com relação à informação visual e quais elementos ele seleciona para desenhar.

Segundo os estudos, pessoas com dificuldades para desenhar não veem o mundo como ele realmente é, percebendo de maneira equivocada aspectos como o tamanho, forma ou cor dos objetos. Curiosamente, essas interpretações errôneas também nos ajudam a entender o mundo, por exemplo, quando percebemos objetos mais distantes como sendo menores. Isso ocorre porque os nossos olhos enviam informações enganosas ao nosso cérebro.

Percepção visual aguçada

Aparentemente, indivíduos com mais habilidade para desenhar parecem conseguir contornar os equívocos percebidos por nosso cérebro e interpretar o que seus olhos realmente estão vendo. Essas pessoas são capazes de se lembrar de determinadas relações — como ângulos e proporções — dos objetos, além de focarem melhor tanto nas proporções como nos detalhes isolados. Além disso, artistas habilidosos conseguem selecionar melhor quais elementos do objeto original devem ser incluídos no desenho.

O mistério, de acordo com os estudos, parece residir nos detalhes, e os pesquisadores ainda estão tentando entender os mecanismos que interferem na habilidade de desenhar melhor. Mas, se você faz parte da turma que não consegue nem desenhar uma casinha direito, não se aflija.

Segundo os pesquisadores, existem poucas habilidades que não melhoram com a prática e, embora alguns de nós tenhamos predisposição para desenhar melhor, os menos afortunados podem aprender alguns truques para contornar a falta de habilidade. Além disso, os pesquisadores dão algumas dicas para melhorar nossos dotes artísticos:

  • tente dimensionar o desenho para que ele caiba em uma folha de papel;

 

  • posicione o objeto de forma que seja possível visualizar suas proporções com relação ao espaço onde este se encontra;

 

  • fique atento à distância entre os elementos que compõem o objeto e suas proporções relativas;
  • preste atenção no tamanho e formato dos espaços vazios presentes no objeto;

 

  • imagine os limites do objeto como linhas que separam áreas mais iluminadas das que apresentam mais sombras.By Maurício Fortunato Araújo
Read more...