Author - Maurício Fortunato Araújo

Exposição traz obras de Picasso que foram colecionadas pelo próprio artista

Amigos, olhem que legal que acabei encontrando a disposição na internet. É uma boa oportunidade de você conhecer melhor a arte incrível de Picasso, uns dos maiores artistas  de sua geração. De uma olhada e veja como ir até este evento que, no entanto é muito raro de acontecer.

A exposição “Picasso: mão erudita, olho selvagem” traz 116 peças do artista selecionadas, inicialmente, por ele mesmo. As obras são da coleção do Musée National Picasso-Paris e fazem parte de um conjunto que o espanhol manteve consigo ao longo da vida. Os trabalhos foram doados à instituição pelos herdeiros. Há fotos e vídeos que retratam os processos de produção do pint

 

A mostra pode ser vista até o dia 14 de agosto no Instituto Tomie Ohtake, em Pinheiros, zona oeste paulistana. Os primeiros trabalhos da exposição remetem ao início da carreira do espanhol, quando Pablo Picasso, com 19 anos mudou-se para Paris.

Segundo a pesquisadora do núcleo de curadoria do Instituto Tomie Ohtake, Carolina de Angelisa, nessa fase inicial, as pinturas retratam o mundo artístico e a vida na capital francesa na transição dos séculos 19 e 20. “Ele pinta cenas do cotidiano, tipos urbanos, cenas da noite, dos cabarés artísticos”.

picasso2

A exposição mostra trabalhos de Picasso no início da carreira – Foto: Agência Brasil

 

O hábito de colecionar parte dos próprios trabalhos desde essa época mostra, de acordo com Angelisa, uma atenção a trajetória que estava desenvolvendo como artista. “O Picasso, além de ser muito bom na própria autopromoção, porque ele foi um grande empreendedor do próprio trabalho. Isso também mostra a importância que tinha para ele guardar, observar e olhar certo tipo de evolução”, afirmou.

Nesse percurso, alguns temas acabam sendo recorrentes, como a figura do arlequim, usada, segundo a pesquisadora, com intenções diversas ao longo do tempo. “No começo, ele retrata isso logo que chega em Paris, para mostrar um tipo de figura mais marginalizada. Esse profissional do circo um pouco nômade, que não tem um lugar fixo para se estabelecer.

Em outros momentos, ele se retrata como o próprio arlequim, porque todas essas figuras são do entretenimento, mas carregam uma certa tristeza, melancolia”, afirma, sobre como o personagem, algo entre o palhaço e o bobo da corte, quer chega a ser usado por Picasso para representar até seu filho.

 

Múltiplos estilos e técnicas

 

Por outro lado, a exposição busca mostrar, em ordem cronológica, a diversidade de técnicas e estilos desenvolvidos pelo artista ao longo do tempo. Escultura em cerâmica, gravuras, desenhos e pinturas com influências múltiplas, apresentam um artista que foi muito além do cubismo, movimento do qual é um dos principais nomes. “É uma variedade, não só de técnicas, mas de modos de representação. De como as figuras são representadas, o que poderia ser uma exposição coletiva, de vários artistas”, disse Angelisa.

A decomposição das formas da natureza em formas geométricas, que se consolidou na expressão cubista, pode ser acompanhada como processo na linha estabelecida pela curadoria. “O que ele faz no período cubista, já estava sendo traçado anteriormente”, ressaltou.

 

picasso3

Trabalhos foram doados ao museu por herdeiros – Foto: Agência Brasil

 

A influência do contexto histórico na produção também pode ser sentida nas diversas fases que compõe o conjunto da obra de Picasso. Nesse sentido, há uma parte dedicada ao processo de realização do quadro Guernica, uma das mais famosas obras de Picasso, inspirada no bombardeio que destruiu uma pequena vila espanhola durante a Segunda Guerra Mundial. “E também das pinturas na época da ocupação alemã na França, que são pinturas mais densas, mais escurecidas, com tons de preto e cinza”, acrescentou a pesquisadora.

Read more...

TUDO SOBRE ARTE!? SEU OBJETIVO E SEU CONCEITO/ SAIBA MAIS

AMIGOS DESENHISTAS PRESTEM ATENÇÃO!

Quero dizer a todos que o meu site M.F.A DESENHOS REALISTAS já está adicionado a uma nova plataforma com muito mais interação e muito mais informação gratuitas para vocês. Toda semana será adicionado uma postagem com um tema diferente relacionada à arte em geral, seja ele como aprendizado ou reflexão.

Conteúdos importantes e mais informações serão adicionados toda a semana, sobre o que acontece no mundo das artes de forma gratuita. O foco principal está adicionado ao TUDO SOBRE ARTE, onde você terá acesso gratuito de tutorial de como fazer um desenho realista, pintura digital, pintura em óleo sobre tela, uma variedade de temas, e até como entrar no mercado de trabalho, enfim, muitos assuntos que com certeza irá trazer a vocês muito aprendizado em exercícios e reflexão.

Convido a todos vocês a favorita o site, para que vocês possam ficar sempre por dentro das novidades. Concursos onde haverá premiações também. Enfim, aproveite a oportunidade de participar interagindo com o site que em breve o seu trabalho também poderá ser exporto no site: www.mfadesenhosrealistas.com.br

Então é isso, acessem o site que em breve muito mais novidade com o intuito de não só ajuda, mas como também formar novos artistas.

By Maurício Fortunato Araújo

Read more...

“Lápis semente”? Após apontado muitas vezes, ele pode ser plantado!

  Olha só que incrível que encontrei rolando na internet. Lápis que após serem utilizados, a sua parte do toco, pode ser reutilizados transformando este material em uma planta. Isso não é incrível?

Porem eu estive me perguntando, se esses lápis poderiam ser utilizados para fazer desenhos realistas, essa e uma boa pergunta, pois ainda não tive a oportunidade de utiliza-los.

O que eu fiquei sabendo é que um grupo de estudantes do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), nos EUA, desenvolveu uma maneira sustentável e divertida de descartar os “toquinhos” de lápis que já estão muito curtos para serem usados. O Sprout, como é chamado, parece um lápis comum, entretanto, conta com uma cápsula contendo sementes na extremidade em que normalmente fica a borracha.


COMO FUNCIONA

Como funciona a sua preparação:

Como funciona a sua preparação:

 

Quando o lápis estiver pequeno demais, basta enterrar levemente em algum substrato a extremidade contendo a capsula e regar diariamente. Dentro de cerca de uma semana deve ocorrer à germinação. O Sprout conta com diversos “modelos”, cada um contendo um tipo diferente de semente. São inúmeras variedades de ervas, temperos e legumes.

Em contato com a água, o compartimento contendo sementes se degrada, permitindo a germinação. Caso a cápsula seja acidentalmente molhada, ela se dissolve, devendo ser plantada imediatamente. Os projetistas dizem que tentaram desenvolver um compartimento mais resistente para as sementes, mas isso não se revelou possível sem prejudicar a germinação.

lápis-sprout-flores-legumes-e-ervas-aromáticas

Bom, se você for como eu que adora morder o lápis na parte onde fica traseira, fique muito atento pois como os inventores disseram claramente, você pode acabar germinando as sementes antes da hora.

O Sprout não sabe a diferença entre água intencional e acidental. Se você costuma morder seus lápis, essa pode ser uma boa hora para acabar com esse mau hábito.”

 

Caixa - Lápis Sustentável

Caixa – Lápis Sustentável

 

Então fique atento(a), ok?

Eu tive dando uma pesquisada também na internet, onde é possível encontrar esses lápis e descobri que são possíveis em encontrar em diversos sites, e ai eu me pergunto qual desses sites são mais confiáveis de se comprar, então escolhi esses aqui:

Verdusca – por apenas € 11,90.

Amazon – por apenas U$ 17,95

Loja oficial da Sprout – por apenas € 12,90

Também vende no mercado livre, porém, fique atento na hora de comprar, para não correr o risco de comprar com um vendedor não confiável, veja antes as suas qualificações.

Segue abaixo também um vídeo oficial, que encontrei desse projeto. Seria muito incrível se essa empresa criasse este tipo de lápis sustentável, para nós desenhistas que fazemos desenho REALISTAS. Bom quem sabe um dia isso acontece né?

                                                                                 

                                              VÍDEO SOBRE O PROJETO

Bom então é isso.

Espero que você goste desta incrível curiosidade, e se você um dia comprar esses lápis, deixe aqui o seu comentário dizendo como foi a sua utilização.

Por Maurício Fortunato Araújo

Read more...

Seja muito bem vindo ao site M.F.A DESENHOS REALISTAS!

Preparei esse site exatamente para poder interagir melhor com você, e poder colocar a sua disposição os melhores conteúdos relacionados ao meu trabalho como artista, e também disponibilizar os melhores conteúdos para fazer de vocês também um futuro profissional nesta atividade.

Neste novo site, deixo a disposição todo o conteúdo que tinha no blog anterior, e também todo o conteúdo que tinha no meu site anterior, ou seja, você não perderá nenhum nada, além do mais, você ganhará muito mais conteúdo com esse site, com cheiro de novo pra você.
Lembrando também que o site esta dividido agora por categorias, tanto na pagina inicial, quanto dentro de suas próprias paginas vinculadas ao menu. Outra coisa que quero dizer é que em breve o site terá muito mais noticias, onde a interação será muito mais completa com você e comigo. Neste site em específico tem um pouco de tudo, você poderá encontrar meus trabalhos artísticos como meu portfólio, como também você poderá encontrar vídeos, cursos, orçamento, notícia e muito mais.

Bom, quero desejar a você que sinta-se à vontade para explorar o meu site, não se acanhe e venha comigo fazer deste site uns dos maiores portais relacionados a artes do Brasil!

Maurício Fortunato Araújo

Read more...

Realismo no Brasil e no mundo

 

Introdução
 
O realismo foi um movimento artístico e cultural
que se desenvolveu na segunda metade do século XIX. A característica principal
deste movimento foi a abordagem de temas sociais e um tratamento objetivo da
realidade do ser humano.
Possuía um forte caráter ideológico, marcado por
uma linguagem política e de denúncia dos problemas sociais como, por exemplo,
miséria, pobreza, exploração, corrupção entre outros. Com uma linguagem clara,
os artistas e escritores realistas iam diretamente ao foco da questão, reagindo,
desta forma, ao subjetivismo do romantismo. Uma das correntes do realismo foi o naturalismo,
onde a objetividade está presente, porém sem o conteúdo ideológico
.
O Realismo nas Artes Plásticas
 
O realismo manifestou-se principalmente na
pintura, onde as obras retratavam cenas do cotidiano das camadas mais pobres da
sociedade. O sentimento de tristeza expressa-se claramente através das cores
fortes. Um dos principais pintores realistas foi o francês Gustave
Coubert. Com obras que chocaram o público pelo alto grau de realismo e pelos
temas sociais, este artista destacou-se com as seguintes telas : Os Quebradores
de Pedras e Enterro em Ornans. Outros importantes pintores deste período foram:
Honoré Daumier, Jean-François Millet e Édouard Manet.
 
Literatura Realista
 
Nas obras em prosa, o realismo atingiu seu ápice
na literatura. Os romances
realistas são de caráter social e psicológico, abordando temas polêmicos para a
sociedade da segunda metade do século XIX. As instituições sociais são
criticadas, assim como a Igreja Católica e a burguesia. Nas obras literárias
deste período, os escritores também criticavam o preconceito, a intolerância e
a exploração. Sempre utilizando uma linguagem direta e objetiva.
Podemos citar como importantes obras da passagem do romantismo para o realismo: Comédia Humana de Honoré de Balzac, O
Vermelho e o Negro de Stendhal, Carmen de Prosper Merimée e Almas Mortas de
Nikolai Gogol.
Porém, a obra que marca o início do realismo na literatura é a obra Madame
Bovary de Gustave Flaubert. Outras importantes obras são : Os Irmãos Karamazov
de Fiódor Dostoiévski, Anna
Karenina e Guerra e Paz de Leon Tolstói, Oliver Twist de Charles Dickens, Os
Maias e Primo Basílio de Eça de Queiroz.
Teatro Realista
No teatro realista o herói romântico é trocado
por pessoas comuns do cotidiano. Os problemas sociais transformam-se em temas
para os dramaturgos realistas. A linguagem sofisticada do romantismo é deixada
de lado e entra em cena as palavras comuns do povo. O primeiro representante
desta fase é o dramaturgo francês Alexandre Dumas, autor de A Dama das
Camélias.
Também podemos destacar outras importantes peças de teatro do realismo como, por exemplo, Ralé e Os Pequenos
Burgueses de Gorki,  Os Tecelões de Gerhart Hauptmann e Casa de Bonecas do
norueguês Henrik Ibsen.
 
REALISMO NO BRASIL 
 
Literatura
Na literatura brasileira o realismo manifestou-se
principalmente na prosa.Os romances realistas tornaram-se instrumentos de
crítica ao comportamento burguês e às instituições sociais. Muitos escritores
românticos começaram a entrar para a literatura realista. Os especialistas em
literatura dizem que o marco inicial do movimento no Brasil é a publicação do
livro Memórias Póstumas de Brás Cubas deMachado de Assis. Nesta
obra, o escritor fluminense faz duras críticas à sociedade da época.
 
Teatro
As peças retratam a realidade do povo brasileiro, dando destaque para os
principais problemas sociais. Os personagens românticos dão espaço para
trabalhadores e pessoas simples. Machado de Assis escreve Quase Ministro e José de Alencar destaca-se com O Demônio Familiar.
Luxo e Vaidade de Joaquim Manuel de Macedo também merece destaque. Outros
escritores e dramaturgos que podemos destacar: Artur de Azevedo, Quintino
Bocaiúva e França Júnior.
Read more...
Como fazer um corpo humano (Desenho realista)

Como Desenhar um Corpo Humano

 Método 1 de 2: Visões Frontal e Lateral

Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)

1 Esboce a estrutura de uma figura humana. Se você quiser desenhar de forma mais realista é altamente recomendável aprender sobre a anatomia humana e sobre proporção.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
2 Esboce as formas do corpo para dar volume à figura humana.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
3 Esboce os detalhes da figura humana usando as formas do corpo como guia.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
4 Desenhe os contornos sobre o esboço para terminar
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
5 Apague e remova as marcas dos esboços.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
6 Acrescente a cor básica da figura.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
7 Acrescente sombreamento, se necessário.

Método 2 de 2: Desenhar Usando Perspectiva

Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
1 Perspectiva é a aparência de um objeto tridimensional menor do que seu tamanho real, dependendo da posição do observador. Por exemplo, a imagem mostra como é um cilindro visto de lado, e como ele parece menor quando uma de suas extremidades está virada para o observador de forma a ser possível enxergar somente a extremidade circular.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
2 Esboce a estrutura da figura humana. Perceba que o braço direito e a parte superior da perna esquerda parecem menores, pois estão apontadas para o observador.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
3 Esboce as formas do corpo para dar volume à figura humana. O mesmo princípio de proporção é aplicado ao braço e à perna, pois foram usados cilindros para compô-los.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
4 Esboce os detalhes da figura humana usando as formas do corpo como guia.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
5 Desenhe os contornos sobre o esboço para finalizar.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
6 Apague e remova as marcações de esboço.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
7 Acrescente a cor básica.
Como desenhar um corpo humano (Desenho Realista)
8 Acrescente sombreamento, se necessário.
 Dicas
  • Quanto mais você praticar, melhor será!
  • Delimite os espaços de antemão e certifique-se de que todas as proporções estão corretas antes de partir para os detalhes. Você não vai gostar de ter investido grande esforço em detalhar os olhos para depois perceber que um deles está mais elevado que o outro.
  • Para verificar se as proporções estão corretas, olhe para a imagem de cabeça para baixo. Esta é ótima dica para quem busca precisão.
  • Compare porções do corpo com outras. Um dedo ou um lápis podem ajudar como marcadores. Simplesmente olhe um pouco afastado para a imagem, com um olho fechado, para determinar se ela está espaçada corretamente.
  • Quando estiver desenhando um corpo feminino lembre-se de que mulheres possuem ombros menores do que homens. É um erro comum desenhar mulheres com ombros muito largos, bem como com ombros pequenos demais. Observe as proporções enquanto desenha para garantir que está mantendo a anatomia em equilíbrio.
  • Olhe no espelho a pose que você está desenhando. Sempre procure por membros fora de proporção em relação a outras partes do corpo.
  • Materiais Necessários
  • Lápis (o mecânico foi usado neste exemplo)
  • Papel
  • Régua

 

Read more...

Descubra o Segredo dos autodidatas

 

O segredo
dos autodidatas
O segredo dos autodidatas ( Maurício Fortunato Araújo)

Os autodidatas geralmente são vistos como aqueles caras que são inteligentíssimos, que aprendem com facilidade, além de serem hiper curiosos. Só que não, não é bem assim que as coisas realmente funcionam, existe sim a curiosidade, mas em primeiro lugar eles tem uma outra ferramenta muito útil que os faz não só aprenderem mas correr atrás do que querem aprender, e isto é valido para qualquer pessoa, não necessariamente aquelas “rotuladas” como autodidatas.

Essa ferramenta tão poderosa e que em muitos filmes toma posições nobres, como um poder além da imaginação, é quem o tiver será vitorioso em tudo que fizer, tipo “que a força esteja com você” ou “eu tenho a força”, são na verdade metáforas de uma capacidade conhecida e já vivida por todos, de alguma forma ou intensidade…e que entendemos por “ENTUSIASMO”, é simples assim, o entusiasmo é oque faz uma pessoa remover montanhas, que o torna mais forte, inteligente, nos transforma em artistas ,cientistas, matemáticos e até astronautas.

Com o entusiasmo se pode tudo, e tudo é possível, até conquistar uma pessoa, por que não? Mas voltando aos autodidatas, e baseado nessa capacidade de envolver-se com determinado assunto, empolgando a sí próprio e à todos a seu redor, que o autodidata consegue as informações necessárias para aprender e evoluir, tomar a iniciativa e ir a procura por conta própria das respostas, seja para buscar um aprofundamento naquele assunto ou aprender algo diferente.

O segredo, sé é que existe algum, é realmente estar interessado naquilo que se deseja conhecer é o entusiasmo por um determinado assunto que nos faz aprender sem perceber, tudo é uma questão de motivação.

No caso de nós desenhistas o entusiasmo é o responsável pela nossa existência, sem ele não haveria Michelangelo, nem Leonardo da Vinci nem Walt Disney, ou Maurício de Souza. Afinal um desenhista precisa praticar também, precisa ter o conhecimento somado ao domínio técnico, e aplicar tudo isso não se faz em dia, são anos e anos de dedicação incansável. De onde vem essa força? Do Entusiasmo!

É claro que a presença de um mestre facilita muito, na descoberta dos caminhos corretos, (imaginem um cirurgião autodidata , você confiaria nele?) Não podemos menosprezar o mérito dos professores, mas não fiquemos esperando apenas pelos caminhos traçados, façamos nossos próprios caminhos, pode ser que encontremos dificuldades na busca do novo, é preciso ter disposição para enfrentar os erros, inevitáveis nesse processo, num trajeto mais longo e tortuoso. Mas em compensação a satisfação da conquista, torna-se algo” magnífico e difícil de ser superado, descobrir algo através dos nosso próprios esforços e dedicação, nos da uma sensação do poder que o entusiasmo proporciona. É o poder de poder cada vez mais.

Os desenhistas estão entre aqueles profissionais vistos como pessoas criativas e criar é: inventar, gerar, produzir, inovar. Então o que posso dizer além de “Entusiasme-se!

By Maurício Fortunato Araújo

Read more...

Desenhar é uma habilidade para poucos?

Por que desenhar é uma habilidade para poucos?

 

 

REALISMO EM ANDAMENTO

Você já percebeu que algumas pessoas têm mais facilidade para desenhar do que outras? Pesquisadores das Universidades do Brooklyn, Londres e Cidade de Nova York explicam o porquê.

De acordo com o site Live Science, os pesquisadores descobriram que existem três fatores que podem influenciar a habilidade que um indivíduo possui de desenhar figuras de forma realista: a maneira como ele percebe a realidade, sua memória com relação à informação visual e quais elementos ele seleciona para desenhar.

Segundo os estudos, pessoas com dificuldades para desenhar não veem o mundo como ele realmente é, percebendo de maneira equivocada aspectos como o tamanho, forma ou cor dos objetos. Curiosamente, essas interpretações errôneas também nos ajudam a entender o mundo, por exemplo, quando percebemos objetos mais distantes como sendo menores. Isso ocorre porque os nossos olhos enviam informações enganosas ao nosso cérebro.

Percepção visual aguçada

Aparentemente, indivíduos com mais habilidade para desenhar parecem conseguir contornar os equívocos percebidos por nosso cérebro e interpretar o que seus olhos realmente estão vendo. Essas pessoas são capazes de se lembrar de determinadas relações — como ângulos e proporções — dos objetos, além de focarem melhor tanto nas proporções como nos detalhes isolados. Além disso, artistas habilidosos conseguem selecionar melhor quais elementos do objeto original devem ser incluídos no desenho.

O mistério, de acordo com os estudos, parece residir nos detalhes, e os pesquisadores ainda estão tentando entender os mecanismos que interferem na habilidade de desenhar melhor. Mas, se você faz parte da turma que não consegue nem desenhar uma casinha direito, não se aflija.

Segundo os pesquisadores, existem poucas habilidades que não melhoram com a prática e, embora alguns de nós tenhamos predisposição para desenhar melhor, os menos afortunados podem aprender alguns truques para contornar a falta de habilidade. Além disso, os pesquisadores dão algumas dicas para melhorar nossos dotes artísticos:

  • tente dimensionar o desenho para que ele caiba em uma folha de papel;

 

  • posicione o objeto de forma que seja possível visualizar suas proporções com relação ao espaço onde este se encontra;

 

  • fique atento à distância entre os elementos que compõem o objeto e suas proporções relativas;
  • preste atenção no tamanho e formato dos espaços vazios presentes no objeto;

 

  • imagine os limites do objeto como linhas que separam áreas mais iluminadas das que apresentam mais sombras.By Maurício Fortunato Araújo
Read more...

Materiais de Desenhos Realistas

  Desenho para iniciantes (Introdução)

Você sabe o que é desenho artístico?

Podemos utilizar o desenho para várias finalidades distintas, seja para um projeto de arquitetura, para entregar a um amigo ou ainda para expressar todos os sentimentos presos em você em determinado momento, por exemplo. Dependendo da situação, se usa um tipo diferente de desenho.

Mas, o que é um desenho artístico, afinal?

Como temos várias finalidades distintas, para algumas delas temos o desenho artístico. Diferentemente do desenho técnico que é usado para mostrar com exatidão como ficará um projeto depois de pronto, seguindo algumas normas técnicas etc., no desenho artístico não há a preocupação com normas, pois, tudo que é colocado no papel é, simplesmente, a forma como o artista enxerga o mundo. No desenho artístico é possível que o artista exprima todos seus sentimentos ocultos da maneira que preferir.

Neste tipo de desenho, o autor pode desenhar como preferir, não precisando que algo pareça real, é a maneira como ele vê suas ideias e sentimentos e não como os outros as veem. No desenho artístico podemos utilizar qualquer tipo de papel, além de lápis, carvão, lápis de cor, entre outros. Cabe ao autor do desenho escolher quais materiais conseguem suprir as necessidades daquele determinado momento.

Você sabe o que é DESENHOS REALISTAS?

Há aqueles que prefiram os Desenhos-Realistas que mostram a realidade nos seus mínimos detalhes como os meus desenhos que podem ser visulizados na pagina de galerias de desenhos. Quem utiliza esta técnica, normalmente estudou bastante até chegar neste resultado, contudo, não pense que as outras técnicas não precisam de estudo. Todas elas necessitam estudar muito, pois, por mais perfeito que tal desenho seja, a cada novo pode-se aprender mais.

Mesmo que seu desenho não retrate a realidade como realmente é, é importante conhecê-la bem antes de desenhar, pois, para sabermos o que não é real precisamos de referências sobre o que é real. Além, disso o irreal muitas vezes reflete o que o autor gostaria que fosse realidade ou como o próprio vê o mundo, a vida, etc.

O desenho artístico ainda se diferencia da ilustração, pois, esta última, normalmente, tem que seguir um briefing e é voltada para o comércio. O desenho faz uso de qualquer instrumento que possa marcar um meio bidimensional. Instrumentos comuns como grafite, lápis, caneta e tinta, pincéis com tinta, lápis de cor de cera, lápis de cor, carvão, giz, pastel, vários tipos de borrachas, marcadores, canetas e vários metais (como as canetas pena, que tem a ponta de metal ou aerógrafo).

Materiais para desenhos mais progredidos

Lápis graduados: HB, B,H, 2B,4B, 6B,7B,8B,9B ( Você não precisa ter todos, mas pelo menos uns 2 ou 4 (2B, 4B, 6B,8B)

  1.  Lapiseira 0,5
  2. Grafite Pentel 0,5 3B
  3. Borracha limpa tipos
  4.  Esfuminho 2,3,4
  5.  Borracha limpa-tipo
  6.  Borracha branca Plástica
  7.  Um apontador ou estilete
  8.  Bloco de papel com 140g/m² ou 200g/m² ou 240g/m².

OBS: É preciso que você tenha sempre pastas catálogos A4 e A3 ou A2 para conservar os seus desenhos, mesmo aqueles que em sua opinião não ficaram tão bons, mas eles serão formidáveis na comparação da sua evolução dos desenhos posteriores

  Materiais básicos e necessários para os artistas: 

Materiais para Desenho
Materiais para desenhos Realistas

 

Desenho realistas (Maurício Fortunato Araújo)

 

Eu uso essa Lapiseira Pentel GRAPH 600 0,5mm. Cor: AZUL. Pega e clips em alumínio. Indicador de grafite e borracha na tampa interna, produto importado usado para diferentes áreas de um desenho. Ele vêm a calhar com detalhes finos e áreas apertadas e também onde exige maior concentração de texturas e sombras.

Lápis Staedtler Lumograph Mars

Materiais para desenhos Realistas

Eu uso os Lápis Staedtler Lumograph Mars e eu não iria mudá-los para qualquer outro tipo. Eles são resistentes e não quebram facilmente, estes são para planejar desenhos altamente detalhados e com muita textura. Esses lápis podem variar em 8H, 7H, 6H, 5H, 4H, 3H, 2H, H, HB, F, B, 2B, 3B, 4B, 5B, 6B, 7B, 8B, 9B

Por “H” entende-se “Hard” – uma mina dura.

“B” entende-se “Brand” ou “Black” – uma mina macia ou preta.
Por “HB” entende-se “Hard/Brand”- uma mina de dureza média

Boleador

 

Materiais para desenhos Realistas Boleador

O emprego do boleador poderá ser muito diversificado, vai depender um pouco da sua capacidade                                                       criadora. Vou explicar como utilizo o boleador

Nesse desenho onde havia muitos fios brancos e muitos detalhes na toca, e antes de começar a passar o grafite, ou seja, o lápis na parte do cabelo foi onde eu utilizei o boleador para fazer os riscos referentes aos fios brancos, assentando força o suficiente para fazer as valetas. Lembrando que é necessário primeiro fazer os riscos brancos antes de começar a passar o grafite por cima. Devemos ter cuidado quando for utilizado o boleador, pois exige de sua paciência muita dedicação nos traços para não fazer os riscos não ficarem tremidos ou tortos, atente-se a fazer o mais paciente e regular possível.
 Caso tenha ficado alguma dúvida ou você conheça outra utilidade no desenho realista, favor comentar abaixo.
Estes são usados para a mistura de grafite, eles são uma grande ferramenta para obter transições suaves da escuridão para a luz. Nunca, nunca, nunca use o dedo para misturar grafite porque a lubrificação oleosa que temos nos dedos podem causar rasuras imperdoáveis no papel. Obter estes pequenos pontos é a pior coisa em um desenho, praticamente impossível de remover.


Esfuminhos

Materiais para desenhos Realistas  - Esfuminho é utilizado para sombrear o desenho e para espalhar o grafite sobre a região.

Esfuminho é utilizado para sombrear o desenho e para espalhar o grafite sobre a região.



Borrachas

Materiais para desenhos Realistas

O nome limpa tipos vem do termo tipos, que é o nome dado à letra da máquina de escrever. Está borracha é totalmente maleável, semelhante a uma massa de modelar. A sua textura extra suave permite absorver as partículas menores sem danificar o papel. Com isso, pode-se moldar a borracha na forma desejada, ajustando a necessidade do momento. A sua outra vantagem, é que ela é uma borracha que não borra, e sua finalidade básica é de retirar o excesso de grafite do desenho. Considero-a indispensável.

A borracha plástica também é muito importante, pois permite apagar traços mais fortes e principalmente na hora de dar forma ao cabelo (ela é a grande responsável pelos efeitos de brilho e “ondulação”). Por ser uma borracha dura, que permite um acabamento muito bom, nos cabelos como em várias outras partes que se necessite.
A caneta borracha e a caneta borracha circular é útil para apagar lugares com muitos detalhes, como os olhos, a boca, enfim, lugares que necessite de mais precisão. Existem outros tipos de borracha, mas as principais são estas. Confio que seja o suficiente para se trabalhar. É claro que isso vai depender da característica de cada artista.

Papel

Materiais para desenhos Realistas

 

 O papel mais utilizado pelos desenhistas é Papel tradicional Canson (papel com uma gramatura maior). Canson, na verdade, é a marca que produz o papel, mas pelo seu “monopólio”, o papel passou a ser conhecido por esse nome. Mas existem outros como: Fabriano que acabou recebendo grande destaque por traduzir em sua gramatura mais firmeza para fazer desenhos impecáveis. Vale a pena fazer testes para descobrir qual papel é mais apropriado ao seu estilo.



Iluminação

Materiais para desenhos Realistas  - Luminária é utilizada para causar no ambiente maior concentração de iluminação.

Luminária é utilizada para causar no ambiente maior concentração de iluminação.

Não poderia deixar de falar da importância da iluminação do ambiente. Deve-se escolher um local bem iluminado ou, ainda, com uma luminária. Existem vários detalhes na imagem que só podem ser vistos com uma boa iluminação. E, além do mais, ela preserva sua saúde, pois o ambiente pouco iluminado fará com que force mais os olhos, o que pode lhe trazer problemas oftalmológicos pelo fato de se passar muitos horas no exercício do desenho.

 Então é isso desenhista, espero que você conquiste bons resultados com seus desenhos.

Até a próxima!

Read more...

Aprender/Pintura Digital

 

 
Pintura Digital – Desenhos Realistas

 

Pinturas fantásticas e Foto-Realista são gêneros e estilos que, na maioria das vezes, funcionam bem em conjunto. A fantasia, também muito ligada a literaturas do mesmo gênero, é provavelmente integrante da arte desde que esta foi criada ao passo que o foto-realismo foi um termo primariamente relacionado a um movimento estado-unidense que ganha força no final da década de 60 com artistas como Richard Estes, Chuck Close e John De Andrea. Nesse período, a arte-fantástica, antes produzida somente pela ilustração e pintura, começa também a aparecer gradativamente em trabalhos fotográficos e a ganhar mais espaço.
Hoje, com a possibilidade de desenharmos em um computador, podemos fazer uma pintura digital e realista utilizando basicamente os mesmos conceitos que os pintores da década de 60 utilizavam; como queremos uma figura visualmente polida, sem muitos traços de pincel aparentes, faremos bastante uso de ferramentas que se assemelham aos aerógrafos, muito utilizados para realizar esse tipo de pintura em uma tela ou painel. Quanto à fantasia, as referências são essenciais: filmes, livros, outras pinturas, fatos do cotidiano e até sonhos podem ajudar no momento de compor uma atmosfera fantástica.
Este passo-a-passo, portanto, tem o intuito de esclarecer um pouco mais sobre como um trabalho do gênero fantasia e, ao mesmo tempo do estilo foto-realista, pode ser feito digitalmente e  discorrer um pouco mais sobre a técnica utilizada, bem como sobre brushes customizados, texturas e cores — é na realidade uma mistura de tutorial com making of. Como nem todos os detalhes estão completamente expostos aqui, assistir também ao vídeo que acompanha este texto poderá esclarecer alguma dúvida que eventualmente aparecer.
1 – ESBOÇO
 

 

2 – OLHO

 

            v 3 – FACE

 

4 – CORPO FÍSICO

 

5 – CABELO

 

Para visualizar o processo completo dessa Pintura Digital, é só acessar meu vídeo aula, onde mostro o passo-a-passo.

Read more...